Adaga do Desejo


A noite de lua cheia
Lentamente envolve-me
Como uma suave teia
O sangue fervilha
E a mente delira...
Na praia deserta
A lua ilumina o meu corpo
A brisa acaricia-me sedenta
Fazendo-me arquejar
Quase não consigo respirar...
Tu chegas...
Sinto o teu perfume inebriante
Tocas a pele do meu rosto
Sussurras...
" tão cheirosa... tão macia..."
Arrepio-me com o teu hálito quente
Que me toca, me embriaga...
Sinto que o desejo me trespassa
Mais parece uma adaga...
Penetra bem fundo em mim
Faz-me curvar nesse leito ardente
Que é o desejo puro
E lascivamente fremente...
Rosto rubro de paixão
Cútis envolvida de caricias
Sexo molhado de excitação...
Sinto o sabor da tua essência...
Oh céus...
Adeus consciência...

This entry was posted on and is filed under ,. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response.

23 Responses to “Adaga do Desejo”

Flash disse...

..."tão cheirosa... tão macia..."

Olfacto e tacto? Será que tens que tens mesmo que mexer com todos os sentidos?

Quanto à foto só te queria dizer que o preto e o branco ficam-te tãaaaao bem...

Beijo macio

Flash disse...

Adorei ser o 1º a comentar, mas como não fiquei contente decidi ser também o segundo!!!

Olhos de mel disse...

Nossa! Lindo, sensual, poético!
Bom fim de semana!
Beijos

Um Momento disse...

Depois de te ler...
Me imaginar ali...
Simplesmente te digo...
"Adeus consciência..."

S I M P L E S M EN T E B E L O !!!

( Não te dou beijo...
estou sem consciência :P)

(*)

Um Momento disse...

Esqueci-me... isto é o que dá dizer adeus á consciência...

A Imagem... está divina
Parabéns pela escolha

;o)


( ainda não levas beijo:P)

(*)

Shelyak disse...

"Sinto que o desejo me trespassa
Mais parece uma adaga..."
Tão forte, desde o princípio ao fim...
Beijinho que te deixo!

luafeiticeira disse...

Desculpa a ausência, continuas a postar os melhores poemas da blogosfera, não há dúvida. Parabéns pelo prémio.
beijos

Diva disse...

Oh ceus... repito eu :))
Bjs meus

Noivo disse...

consciência para quê?:)

Siala ap Maeve disse...

E que maravilha perder assim a consciência :)
Lindo!
Bom fim de semana!
Bjos meus

Blue Velvet disse...

Nem a Maria Teresa Horta faria melhor.
Continuas no limite do bom gosto, sem nunca tocares o vulgar.
Parabéns, beijinhos e bom fim de semana

efvilha disse...

Esse desejo jamais é luxúria.

É algo belo e profundo que habita
o quase infinito espaço que há entre o corpo e a alma, e que irrompe dos silêncios todos.

Um beijo de Paz, em ti.

Kapikua disse...

oh Céus!
que miscelânea de desejos e prazeres me despoletas!!!

És linda!

Beijo cheiroso e macio

espelhodesombras disse...

Olá silêncio, os teus sentires, de corpo iluminado e rubros de paixão, é acariciado pela primeira brisa de todas as manhãs...
Adorei.
beijos
João Costa Filho

Gaja Boa 2 disse...

Ai nao me fales em lua cheia que me lembro logo de estrelas e "cometas"....

beijos

Shelyak disse...

Uiiiiiiiiiiii...esta música... e o vídeo ? que tal ? bem lindo!!!!
6, 5, 4, 3, 2, 1...
:)))

V.A.D. disse...

A adaga da lascívia mata a razão
Despertam desejos sensoriais
Êxtase pleno, loucuras carnais
Amor infinito feito paixão...

Belíssimo, o teu poema...!

Um beijo... :-)

Olhos de mel disse...

Olá! Passando para lhe ver e desejar uma semana de realizações!
Beijos

Druiel disse...

... Glup ...

Drews disse...

Força e paz!!

**PENSE**
Quando sentires teu ser em profunda angústia e confusão, procura dar tempo a ti e silencia, respira suavemente e deixa que a luz que ilumina teu ser tome a direção, pois ela saberá proceder em prol da tua paz, do teu equilíbrio, da tua confiança, mostrando gentilmente que dentro de ti há rios e cachoeiras ainda desconhecidos, pelos quais precisas percorrer para banhares tua mente, renovando tuas energias, teus ares internos.
Há ainda vales e montanhas para caminhares e sentires o frescor da natureza, a liberdade dos pássaros.
Há céus para contemplares em puro silêncio, há cores para colorir, há energias para dar realidade ao teu desejo de crescer, de sentir a inocência e a pureza do amor.
Dentro de ti há flores que nunca sentiste o perfume, há luzes, há estrelas azuis...
Aprende a dar-te paz apenas permitindo-te um momento de silêncio, um momento em que manifestarás a real necessidade de ires ao encontro da paz divina.
Resgata-a pois, e sê feliz!

Anónimo disse...

venha participar em www.luso-poemas.net

MIMO-TE disse...

Bem, só resta repetir e dizer "Adeus consciência..."

Excelente Som! :)


Mimos meus

Dr Mendez (AKA Nitrosferatu) disse...

A antecipação e o crescendo do prazer num texto que escorre sensualidade.

D.M.

Com tecnologia do Blogger.

Popular Posts

Contact Us

Nome

E-mail *

Mensagem *