Na Varanda




... Sento-me na Varanda
Aprecio a noite aveludada....
Sinto na pele a brisa suave
Se fechar os olhos quase consigo imaginar
Que são os teus dedos que passeiam
Avidamente pelo meu corpo...

... Anseio ouvir o som da tua voz
Sussurrando o meu nome nos momentos
Intensos de prazer partilhados...


... mas....


a minha alma grita no silêncio da noite
angustiada pelo desejo latente que queima o meu corpo...

Desperto suavemente do transe hipnótico
Olho a lua brilhante no ceu de veludo negro
E finalmente deixo o frio da noite penetrar suavemente no meu corpo febril...

Entras em mim como ninguém, suave e terno…
Ficas e levas-me ao céu vezes sem conta
E tudo começou numa simples troca de...
Hello Stranger,
Lembras-te Amor?....

This entry was posted on and is filed under ,. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response.

One Response to “Na Varanda”

notivago disse...

beijokas grandes para esta amiga alucinada e da-lhe ai kom a alma k nos estamos ai para ler

Com tecnologia do Blogger.

Popular Posts

Contact Us

Nome

E-mail *

Mensagem *