Tua Essência



Queres ser engolido,

Por esta boca carnuda?

Queres que te chupe,

Que te saborei,

Que te encharque com a minha saliva quente...

Queres neste momento ardente,

Ser possuído intensamente...

Entre Bocas e Línguas,

Neste nosso mundo de sabores intensos.

Quero que sintas os meus dentes,

Que arranham suavemente,

A tua pele arrepiada de paixão.

Ouço o ranger dos teus desejos,

Escondidos pelo meu último beijo...

Saboreio-te subtilmente,

Até clemência me pedires...

Eis que finalmente,

Engulo a tua essência...

This entry was posted on . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response.

23 Responses to “Tua Essência”

Rafaela disse...

Lindo, quente do jeito que eu gosto. Bjosss e uma excelente semana.

Espirito da Lua disse...

Gostei muito tens um blog muito sexy ;)

A.S. disse...

Beijo_____Teeeee

Reflexos da Alma disse...

Olá Linda !
Eu Quero !!
Quero tudo isso !!!
Beijos intensos te deixo !

Deliryusblue disse...

Olá :D
Muito bem dito e descrito!!
Revi um certo momento do fim de semana no teu post looool
Beijocas para ti e boa semana ;)

João Cordeiro disse...

No silêncio das tuas palavras, senti o desejo e a sensualidade.

Obrigado pelo teu carinho.


Um beijo sonhador

Maria disse...

Minha Amiga,
Se ficares irritada, zangada ou afins, de facto isso não me interessa nada. Sou tua amiga e como tal dizer o que penso faz parte da minha forma de estar na vida.
Gostaria se quiseres claro que me expliques o porque de uma pessoa que escreve bem, como tu, estar cada dia que passa a cair na vulgaridade de textos como este, será influências, procura de visitas ou acreditas nestes comentários de bláblá da treta amiga?
Escreve, mas faz como tu sabes e como começaste, deixa a vulgaridade para os pobres de alma, esta não é a amiga que eu conheço...
Beijitos

Negra disse...

Caro(a)s Bloggers,


A NEGRA TINTA EDITORIAL tem o grato prazer de lançar a obra “CÂMARA ESCURA (revelação), do poeta Joaquim Amândio Santos, com prefácio de António Lobo Xavier.

Sendo esta obra mais um trabalho nascido de um escritor cuja carreira foi lançada na blogosfera, a exemplo das edições previstas e possíveis no futuro próximo desta editora, será importante contarmos com a honra da presença de bloggers nas diversas acções de lançamento da obra.

Nesse sentido, solicitávamos indicação de morada ou preferência por receber o convite por mail para negratinta@gmail.com, bem como qual dos eventos escolhem para nos honrar com a sua presença.

Lançamento e Apresentações:

31 de Maio Funchal
8 de Junho Penafiel
14 de Junho FNAC Norteshopping, Porto
28 de Junho FNAC Chiado, Lisboa
5 de Julho FNAC Coimbra


Aproveitámos ainda para solicitar que qualquer manuscrito que entendam colocar à consideração desta editora para possível publicação, seja enviado por este mail, ao meu cuidado, estando previsto editarmos até 4 obras, nascidas na blogosfera, até Março de 2008.

Saudações Literárias,

Nélia Maria Pereira
Edições e Comunicação
NEGRA TINTA EDITORIAL

Alma Nova disse...

Minha amiga, após tantas
conversas... e continuas a deixar-te levar pela banalidade. E a essência, amiga, onde fica? Essa é preciso coragem para a procurar e muito mais para lá chegar. Lamneto, miguita, porque tu sabes escrever. Jokitas.

Reflexos da Alma disse...

Olá Silencio Sentido !
Visitaste-me aqui há algum tempo e desde essa altura que fazemos visitas mútuas ...
Hoje aqui vim outra vez e já comentei este teu post dentro do espírito que se propõe num espaço cujo erotismo e sensualidade são na realidade factores que se assumem e que tu assumes de forma aberta e descomplexada .
Verifico porem que há pessoas que não concordam com essa tua forma de expressão e que a consideram " vulgar"...
Não vou sequer comentar essas opiniões pois considero que cada pessoa tem direito ás suas opiniões e à liberdade de apresentá-los nos lugares certos e dentro dos seus contextos .
Da mesma forma como acho que as pessoas têm direto a opinar as suas opiniões, também considero que esta "Casa" é tua e como tal, nesta tua Casa tu és Senhora e Rainha !
Pois se achas que o Erotismo e a sensualidade que aqui apresentas cujos contornos de magia e de ousadia aqui nos mostras , considero que és totalmente livre de criares a tua própria poesia da forma que melhor achares , pois este é o teu espaço e esta é a tua casa , e como tal só vem cá quem quer , e só aqui lê os teus posts quem cá vem , portanto minha Querida Silencio Sentido ....tu és Livre e tens a Coragem de assumires essa Liberdade e essa ousadia de dizeres o que pensas e o que sentes sem medos , sem ditaduras e sem falsos moralismos !
A Blogosfera é também um Universo de LIBERDADE !!!!!!!
E tu és LIVRE !!!!!!!
A ti te saúdo , a ti te digo que és CORAJOSA !
Sê o que o teu Coração te mandar , age de acordo com a tua Consciência , e julgo que é isso que tens feito e eu me congratulo por ti , e por muitos outros amigos e amigas que tenho feito neste mundo Blogosférico que assumem a sua autenticiade de forma corajosa e sem falsos moralismos !
Esta casa é a tua Casa e aqui mereces todo o meu Respeito !!!
Um Beijo Grande te Deixo !

Maria disse...

Bem Amiga se até hoje duvidava que a blogesfera estava cheia de conversas da treta, deixei de estar, fez-se luz na minha mente, um breve REFLEXO DA ALMA na realidade foi suficiente, acho que vou deixar de comentar blogs e opinar, deixar de me preocupar com os amigos e melhor ainda incentivar as suas acções mesmo que ache que não estão na linha do que conheço deles, ou seja vou ser vulgar!
Era giro não era, mas não vai acontecer, vou continuar até que o teclado se gaste ou que os donos dos blogs me peçam com a mesma educação com que comento que não o faça, porque é esse o modo de eu estar na vida.
Beijitos

Reflexos da Alma disse...

Como esta "Casa " não é minha , não vou sequer desrespeitá-la pois a Pessoa dona deste espaço merece o meu Respeito, o que digo é que o meu comentário foi bem explicito : LIBERDADE !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
LIBERDADE !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Quanto à pessoa que usou o meu nome,sem sequer eu ter usado o dela.... simplesmente a ignoro !

PRU disse...

eu não falo o português mas eu posso compreender sua poesia, muito bonito e excitante !

lugar muito bom... :)

Brain disse...

Para te deixar um beijo,
Pela tua visita e palavras.

Obrigado!

Beijo.

Dias... disse...

Uau... senti, parabéns.
Beijo (desculpa, é melhor um abraço)

Som Do Silêncio disse...

Bem antes de tudo, eu escrevo os textos não por audiências mas por gostar de os escrever...
Às vezes lá saem assim uns mais para o erótico.
Sou romântica mas também sou sensual...
Agradeço sempre as visitas de todos que me visitam, têm alguns que já se tornou parte integrante eu ir lá lêr os blogs e vice versa, não por mera obrigação, mas porque gosto do que escrevem e dos sentimentos que transmitem na sua escrita.

Deixo aqui um Beijo a Todos.

viagens na minha terra disse...

lindo....altamente erótico....

SENSUALIDADE CALIENTE disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Laura disse...

Vim aqui parar e gostei muito!
Viva a Liberdade! Diz o que sentes, este espaço é teu!
Beijos

Shelyak disse...

Não vou aqui participar em polémicas ou discussões sobre o certo e o errado pois são conceitos, à luz de cada cultura, perfeitamente subjectivos. No entando, não queria deixar de dar um pouco de mim nesta troca de "ideias".
Como digo no meu último post, tem alturas para tudo...para brincar, para reflectir, para erotismo, para amar, para sexo, para olharmos o mundo, para rir, para chorar...o mesmo se passa com o nosso sentir, com o nossa alma, que tantas emoções sente.
Em tudo, existe beleza; depende dos olhos que a contemplem fazer tal juízo. Tenho lido poemas de autores muito conhecidos e respeitados, com forte carga erótica, tais como Fernando Pessoa, Camilo, Eça, Natália Correia, Guerra Junqueiro, David Mourão Ferreira, Millôr Fernandes, Camões, Pedro Homem de Melo, Pablo Neruda, Lobo Antunes. Deste último, transcrevo um deles, como exemplo:
Levantei-te as saias
Deitei-te no banco
Num bosque de faias
De mala na mão
Nem sequer falaste
Nem sequer beijaste
Nem sequer gemeste,
Mordeste, abraçaste
Quinhentos escudos
Foi o que disseste
Tinhas quinze anos
Dezasseis, dezassete
Cheiravas a mato
À sopa dos pobres
A infância sem quarto
A suor, a chiclete
Saíste do carro
Alisando a blusa
Espiei da janela
Rosto de aguarela
Coxa em semifusa
Soltei o travão
Voltei para casa
De chaves na mão
Sobrancelha em asa
Disse: fiz serão
Ao filho e à mulher
Repeti a fruta
Acabei a ceia
Larguei o talher
Estendi-me na cama
De ouvido à escuta
E perna cruzada
Que de olhos em chama
Só tinha na ideia
Teu corpo parado
Na berma da estrada
Eu que me comovo
Por tudo e por nada

Minha querida, e como diz a Suzanna Tamaro: Vai aonde te leva o coração...
Um beijinho para ti...

AcidoCloridrix disse...

Escaldanteeee,,,,, engulo a tua essência,,,,, uauuuuuu

Insaciável disse...

Gostei muito, muito do teu blog mas dediquei mais tempo neste poema por 2 motivos: primeiro porque ADOREI; segundo porque hoje falaram-me deste post e de alguns comments que tiveste aqui (acho que foi quando calhou em conversa o tema GENTE QUADRADA).

Eu também sou uma pessoa culta e educada: sei debater sobre ambiente, tenho um curso superior, oiço boa musica, leio livros... mas por acaso até gosto de SEXO.

Pelos vistos para algumas pessoas isso é incompativel mas felizmente é so para algumas pessoas ;-)

O poema é lindo é sensual e continua a escrever assim cada veres que sentires porque no dia em que no TEU blog não puderes escreveres o que TU sentires...vale mais fechares o blog.

Desculpa se não fui muito educada com os teus convidados, se houver reclamações manda-os lá ter comigo à minha tasca...vão adorar o post de hoje.

Beijos grandes

mitro disse...

Ela...engole!
Uau!

Com tecnologia do Blogger.

Popular Posts

Contact Us

Nome

E-mail *

Mensagem *