Chegaste...



Chegaste...
Um olhar lançaste...
Vieste até mim...
E um abraço apertado,
Um beijo ousado...
Esfrego-me em ti,
Sedenta do teu corpo,
Quero que sintas,
O quanto me excitas...
O quanto almejo,
Satisfazer esse desejo...

Sinto as tuas mãos que vagueiam,
Suaves e atrevidas...
Sinto os teus dedos,
Que lentamente,
Se insinuam...

Que finalmente...
Tocam o meu húmido sexo,
Que lateja...
Em agonia...
Pelo teu toque de magia.

Sim...

Apalpa...
Aperta...
Acaricia...
As dobras da minha flor...
Faz-me explodir de amor...

O meu corpo clama por mais,
O teu beijo profundo,
Um gemido de prazer,
Que me arrepia,
Me inebria...
Que me aquece...
Enlouquece...

Mordes o meu pescoço,
Quando voraz,
Penetras no meu corpo...
E num repente,
Deixas-me completamente demente...

De loucura e prazer,
Tesão...
Excitação...
Explodes comigo,
Num estremecimento profundo,
Tão forte e denso,
Que atingimos a loucura...

Num orgasmo sentido,
Deixa-nos quase perdidos...
Totalmente sem sentidos...
Plenamente, profundo,
Esse prazer vivido...


Um Beijo Sentido...

This entry was posted on and is filed under . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response.

22 Responses to “Chegaste...”

Shelyak disse...

Aproveito o teu vôo... e viajo também nas asas das tuas palavras, alegremente...
Beijinho...

O Profano disse...

Muito forte, quase inebriante...
bjs

DairHilail disse...

Passa no loucuras, tens lá uma coisinha para ti

Um Momento... disse...

Que lindo ...
Aqui estive eu a ler e a reler...
Um beijo
no teu coraçãozinho...(*)

Mário Margaride disse...

Querida amiga,

Belo, e terno poema!

Sensualidade, à flor da pele..

Beijinho terno

serenidade disse...

Intenso:)

Serenos sorrisos

Incógnita disse...

Parabéns!

Não é fácil descrever um acto tão lindo, dessa forma tão erotizada e pormenorizada.
Emoção à flor da pele.
Exprimes-te mto bem.
Deve ser um dom das virginianas...a expressão das mais puras emoções ;)
Como virgem q sou... estou ctg!
Adorei!

Beijos

mysticdream disse...

Muito bonito o que escreveste beijinho*)

Sol da meia noite disse...

Lindíssimo o teu poema...
Intenso.

Beijinhos.

vagabundo disse...

não sei como consegues
mas as palavras saem-te soltas...

e não como a mim
que me saem como loucas,
perdendo-se no papel...

sentimentos também tenho,
emoções não desdenho...
só não as sei transcrever.

talvez falta de engenho.
não de vontade,
ou pouco empenho
e muito menos...
para as esconder.

mas como põr no papel,
a suavidade da tua pele
ou o doce do teu beijo?...

e do teu cheiro...
o sabor,
de cada gesto,
a sua cor,
e esta sede de ti...
no meu desejo?...

como escrever com letras...
coloridas,
sensações enrubescidas,
arrepios e tremores?...

dando som aos teus anseios
descrever-te os devaneios,
e soletrar-te os rubores?...

não sei como consegues...
a mim saem-me como loucas.

Twlwyth disse...

Pleno de sensualidade. :)

Fúria das Águas disse...

Minha querida Silencio um poema intenso, cheio de desejos, um chamado ao amor.
UM beijo
Furia

Borboleta disse...

Tão intenso...
**Beijinhosss***

vida de vidro disse...

Tão forte, tão sensual... Belo. **

markus disse...

Cantinho mt bonito e com requinte, parabéns.
“Tenho o coração granitado e fresco...Pintado pela noite…”
Um bom dia e boa semana ***

luz branca disse...

Passeei pelo seu blog e gostei muito. :)

Insanidad3 disse...

Muito bom!!!!
Adorei.
bjs

Cris disse...

apenas um bejo sentido...

fantástica a maneira como descreves o acto de amar.

beijinho
C.

FC disse...

As trocas de sentido que em sentido nos deixam... com muito pouco ou nenhum sentido... faz-nos sentir

;)

Mustafa Şenalp disse...

What a nice blog you have!

suruka disse...

Bom mesmo
...vamos para nessa explosão.

boummmmmmmmm!!!

beijos

mitro disse...

Poxa! Até só de imaginar já sabe bem!

Com tecnologia do Blogger.

Popular Posts

Contact Us

Nome

E-mail *

Mensagem *