Rendo-me outra vez...


Banhei-me com o perfume do desejo
Vesti-me com o véu do prazer
Cobri o meu corpo de carícias
Ansiando pelo momento de te ter

Chegaste suave como a brisa
Ofertaste-me estrelas de presente
O teu olhar era uma lanterna
Que luzia incandescente

Que me conduzia
Aos vales da loucura
Enfeitiçou a minha mente
Abraços sôfregos
Movimentos trôpegos

Enlaçamos os nossos corpos
Confundimos os nossos cheiros
A espera finalmente terminara
Bebi o suave néctar dos teus beijos
Derramados na minha boca

Estava eu embriagada
Desse teu cálice inesgotável
Sorvendo-te ávida e ousada
Totalmente incansável

Dancei colada ao teu corpo
Li os teus desejos mais secretos
Linguagem alguma podia existir
Que a minha cútis na tua não lesse
As minhas mãos viajaram
Acariciaram os teus recantos

A minha língua brincava atrevida
Fazendo-te suspirar de prazer
Amei-te com a mesma chama
Que também a mim me consumia
E tu, encantado
Totalmente endiabrado

Deixaste-me possuir
Esse teu corpo febril
O teu gosto em mim permanece
Jamais se esquece

A brisa da paixão
Acaricia-me suavemente
Num murmúrio surdo
E nos teus braços cobiçosos
Rendo-me novamente...
Nesse momento de prazer...


Um Beijo Rendido
Totalmente Perdido

This entry was posted on and is filed under ,,. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response.

11 Responses to “Rendo-me outra vez...”

Um Momento... disse...

Rendida fiquei eu ás tuas palavras
Do principio ao fim
Se houvesse uma guerra
A bandeira branca seria erguida logo á primeira frase
Tal a doçura com que as proferes

Um beijinho nesse teu coração doce

(*)

:)))))))))

Alexandre disse...

Ufa, que poema tão sensual! Fiquei a transpirar de o ler - talvez porque o lesse 3 ou 4 vezes! Está lindo, um dos poemas sensuais mais bonitos que li nos últimos tempos, e com as palavras e as sensações no seu lugar!

Muitos beijinhos!!!

ContorNUS disse...

o silêncio quebrantou-se... rendido à sensualidade ;)

Mário Margaride disse...

Querida amiga,

Fiquei sem dúvida rendido, a este belíssimo, e delicioso texto...

Que beleza...que sensualidade...que docura...

Lindo!!!!!!!!!!

Beijinhos ternurentos

Dias... disse...

Muito bom, quase que cheguei a sentir, parabéns.

Começo a descobrir espaços onde a entrega se aproxima bastante de um degrau do Amor que me foi familiar, ás vezes atravesso-os com carinho, outras identifico-me demasiado e ai fujo.

Vamos ver o que a tua Arte me reserva, a paixão ou a fuga.

Beijo

Vertigo disse...

Bem vinda tu e a sensualidade :)*

beijinho

Secreta disse...

Hm e é tão bom , uma entregarmo-nos assim ... :)
Beijito.

Plum disse...

Rendida à beleza das tuas palavras!***

vagabundo disse...

agora vou melhor para férias.
já não me preocupa a inspiração...sei onde a encontrar.

e eu que não me embriago no meu bar...

suruka disse...

Atenção
eu ja estou rendido também.
Podes atar-me todo.

bj

mitro disse...

Isto é paixão de perdição!

Com tecnologia do Blogger.

Popular Posts

Contact Us

Nome

E-mail *

Mensagem *