Estou...


Estou mortalmente cansada,
O meu corpo fraqueja,
Tenho a mente fatigada,
Diria quase que dormente...

O meu riso alegre,
Disfarça a tristeza em mim embutida,
Neste meu coração ressequido,
E de alma enegrecida...

Sinto uma lágrima a cair,
Desliza gélida e solitária,
Até ao meu regaço fluir,
Onde me inunda num frémito...

Sinto que o tempo se dilata,
Expande-se brutalmente,
Até preencher ávido,
Todos os meus recantos fatalmente...

This entry was posted on and is filed under ,. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response.

18 Responses to “Estou...”

Um Momento disse...

O tempo não mata ...
Mas por vezes cansa
O tempo mói
Quando o que queremos, não se alçança
Mas também o tempo
Nos consome as tristezas
Ajuda-nos a ver as coisas
Com maior clareza
"Dá tempo ao tempo"
É um grande ditado
Para que o tempo possa,
soprar favorável. ao nosso lado
Num abraço profundo
Abraço eu o tempo
Suspirando neste mundo
Sorrindo contigo, neste nosso tempo
Neste nosso mundo

Gosto de ti Amiga

E.R

(*)

Olhos de mel disse...

Oie menina, que tristeza é essa? Fica assim não. Muitas vezes me sinto assim também, por isso lhe entendo. Mas ficou linda sua poesia.
Bom fim de semana!
Fique com Deus!
Beijos

Gaja Boa 2 disse...

Gosto da tua poesia, mas nem sempre consigo comentar...por isso te desejo um bom fim de semana

bjs silenciosos

Flash disse...

Há dias assim, tristes, tristes, tristes.
A única consolação é que mesmo na tristeza és bela!
Nunca deixes de escrever.

Beijo triste

Mário Margaride disse...

Querida amiga,

Poema triste, mas belo.

"Estou mortalmente cansada,
O meu corpo fraqueja,
Tenho a mente fatigada,
Diria quase que dormente..."

Não te deixes abater pelo desânimo
De manhã, abre um janela
E deixa o sol entrar no teu coração.

Bom fim de semana

Beijinhos

Poliedro disse...

Simpática Amiga:
Conserve o seu sorriso de alegria porque é maravilhoso.
O resto é tão lindo que vai ver, tudo se resolverá, acredito com sinceridade.
Tem uma enorme Alma, um coração do tamanho do Firmamento e uns valores dignos de registo pelo encanto e doçura das suas atitudes.
Força! Estou a seu lado.
Deus é bom e, sinto que a ajudará a superar momentos menos bons. E, eu, não sei se acredito Nele, mas acredito na bondade e na ternura das pessoas de bem.
Escreve com um talento ENORME!
Um Bem-haja pelo que é e, expande às pessoas.
Beijos Grandes
pena

vagabundo disse...

Quis o Silêncio só para mim
E por tanto querê-lo assim
Deixei de escrever...
Pois com este desejo em cima
Não conseguia encontrar a rima
Para tal vontade de o ter.

Queria poder-te, Silêncio, despir,
Para em minhas mãos te sentir
Feito carne quente...
Mulher!
Um Silêncio de outros despido
E só por mim possuido
Como o Silêncio se quer.

Queria-te Silêncio apenas Sentido
Por de Ti me ter esquecido
No meu modesto escrever...
Para que depois de leres estas linhas
Sabendos-te em lembranças minhas
Sentido ficasses por não me ter.

Queria ter-te...
Silêncio cru.
Para com teu corpo nu
Extâsiar meu olhar primeiro...
E com manhas e malícias,
Carícias e sevicias
Te consumir por inteiro.

E neste virtual espaço pequenino
Em que te vejo Silêncio Feminino"
Silêncio... Mulher;
És Musa da minha escrita
E Heroína da minha fita
Porque Silêncio...
Ter-te-ei,
Quando morrer.


bjs.

Shelyak disse...

Up up up up, menina...
Vá lá...
Abraxinho...

Bouquet disse...

Não tenho hoje palavras para te comentar, gosto do que escreves mas perturba-me a tristeza que sinto em ti!
Um beijo

Jose disse...

Um poema que retrata fielmente o teu estado de alma.
Este teu belo poema fez-me lembrar um dia uma frase que escrevi quando também eu estava demasiado revoltado com a vida.

NASCI NO PIOR DIA DA MINHA VIDA.


Um beijo miúda.


José

Helluah disse...

eu também estou cansada... a ponderar se continuo forte e intocável ou se viro humana..

Maria José disse...

Cansaço. Entrega. Desalento. Numa vida que ainda é.

Marquês disse...

É o corpo exauste que expurga a alma. É o tempo o pacificador das tempestades. É o vazio a plenitude dos sentidos, é, o vosso próprio silêncio, o reflexo duma tristeza contida, vivida no vazio de tantas palavras.

Isa disse...

deixo-te um silêncio sentido e um carinho...

votos de um semana linda :)

beijinhos sentidos *

* Diva * disse...

"Nem tudo é dias de sol,
E a chuva, quando falta muito, pede-se." (Alberto Caeiro)

Se não nunca te sentisses triste saberias o que é ser feliz?

Um beijo e boa semana.

suruka disse...

Mas que pena
a imagem de tristeza.
Espero seja apenas mais um resultado da TUA inspiração.

Muito bem.
BJS

rosa disse...

Hoje posso dizer que me descreveste, há dias que vem uma tristeza não se sabe de onde e nem porque, chega de mansinho e se instala em nosso ser. Abraços

Luna disse...

oi......tristeza!!!!!!!!
ela vem devagar como se pudexe instalar-se e para sempre ficar...
mas só paxando por ela"triteza" é k consiguimos ultrapaxar exa angonia k nos arrebatam sen dia ou hora marcada,e axim voltar a sorrir, porque ela vem mas também vai....
força..........
bjs....

Com tecnologia do Blogger.

Popular Posts

Contact Us

Nome

E-mail *

Mensagem *