Um Novo Recomeço


Já é conhecido por todos que as coisas duram o tempo que têm que durar.
E por muito que o seu término nos pareça injusto, desnecessário ou até mesmo fatal é preciso que aceitemos os rompimentos que a vida nos impõe.
No entanto, não impede que dentro de nós próprios não precisemos de um tempo para digerir as perdas...
Mágoa, tristeza, vazio, angústia, revolta, insegurança...
Cada um destes sentimentos requer um tempo para que possa acalmar-se dentro de nós mesmos.
Ninguém sai ileso do encerramento dessas etapas desgastantes da vida, e o coração suplica por um espaço para regenerar-se, para reconstruir-se de novo.
O gosto amargo que fica na boca, a sensação de fracasso, a tristeza que fica muitas vezes dentro do peito são aflitivas, porém, naturais e fazem parte desse processo regenerador e doloroso que é a reabilitação.
É imprescindível que um tempo de pausa seja vivido, para que depois voltemos a renascer plenos para a vida.
Todo o ser humano quando enfrenta as suas perdas tem direito ao silêncio, ao recolhimento e ao respeito.
Ninguém se recupera de uma queda por mais pequena que ela seja, assim de um dia para o outro... isso seria forçar demasiado a natureza humana.
Uma queda gera sempre feridas, quer sejam elas superficiais ou profundas, não importa a sua gravidade, precisam ser tratadas até cicatrizarem completamente.
O tempo é o grande remédio para estes males.
As perdas e desilusões que vamos tendo ao longo da nossa vida, existem apenas com um intuito, para que tudo o que já se encontra com o prazo de validade vencido na nossa vida seja removido a fim de dar espaço a novos recomeços...

This entry was posted on and is filed under . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response.

25 Responses to “Um Novo Recomeço”

Flash disse...

O tempo geralmente apaga as feridas mas deixa as cicatrizes para que nos lembremos que podemos cair e para que evitemos fazê-lo da mesma forma dolorosa que um dia aconteceu.
Ás feridas devemos curá-las, mas ás cicatrizes devemos olhá-las de vez em quando para não repetirmos as quedas...

Beijo renascido

Pedro Jorge Moreira da Silva disse...

a feridas que custam mais a curar que outras, no entanto deveriamos recordar sempre quando magoados fomos quando estamos prestes a magoar alguem
e nunca se esquecam nunca deixem um situacao mal explicada
pois isso so vai fazer sofrer o outro

Secreta disse...

É de facto imprescindivel recomeçar , e claro que para isso , outras coisas precisam findar ... Por vezes penso é que é injusta a forma como isso acontece , já que na maioria das vezes sofremos bastante com essas "transições"...
Beijito.

M@ri@ disse...

Ola linda amiga
E verdade que existe tempo para tudo...
E quando se perde algo que gostamos ,leva tempo a curar...

adorei este texto lindo ,para reflectir...

deixo te um beijo doce
M@ri@

Noivo disse...

é e tem de ser esse o espírito! mas ficamos mais fortes tb!

Pearl disse...

já dizia um grande filósofo, e com muita razão: " O que não nos mata, torna-nos mais fortes..."
O tempo é apenas a variante que leva a que fiquemos mais ou menos fortes de acordo com a velocidade com que aquilo que não nos matou nos atingiu...

:o)))***

htsousa disse...

E emergimos desse período de cura, se o aproveitarmos bem, mais fortes, mais seguros e mais confiantes. Redefinimos o nosso posicionamento. Mas não são todos os que conseguem encarar esses momentos assim. No meio da dor, da angústia e da mágoa, há quem apenas se concentre em adormecer os sentimentos, usando o tempo como anestesia e não para reequilíbrio e reorientação.

Sniqper ® disse...

E...?

Blue Velvet disse...

Que bem que descreves tudo aquilo a que normalmente se chama LUTO.
Qualquer perda, seja de que qualidade for, necessita desse tempo a que aludes.
Isso é o luto.
Mas está lindo demais.
Que o teu dure o menos possível, mas todo o tempo que necessitares.
Beijinhos

Peach disse...

Sem dúvida... nada é eterno.
Doi quando acaba, mas como referes e muito bem, o tempo é nosso aliado.

ah e recomeçar é tão bom!

beijo

MIMO-TE disse...

O importante � conseguir superar e aprender com tudo, incluindo o que achamos que perdemos. Mas cada um tem a sua forma de lidar com as situa�es, � que respeitar.

Deixo mimos

Um Momento disse...

Hum...
Há perdas e perdas...
Feridas e feridas...
Com elas aprendemos que nem tudo é eterno, embora o sentimento o seja...
Feridas ...há que as conseguir cicatrizar e com o tempo , por norma é possivel, contudo... deveremos sempre ter em conta que estão lá...
Quedas e quedas,há que saber e ter forças para nos levantarmos delas... para isso existem os Amigos ,que n' essas horas nos amparam para que a dor não seja tão forte...
Por tudo isso ,usa e abusa do tempo que precisares,mas lembra-te que estou onde tu sabes que estou , de mão dada a ti

Beijo Imenso de quem te gosta
(*)

Sexhaler disse...

Parece que ando a repetir isto muitas vezes ultimamente (que se passa com o mundo?) e cá vou repetir para ti também:
O tempo é dono e senhor da dor. Com o tempo é só ter um pouco de paciência que ele volta para vir buscar a que te deixou. Acredita na palavra de quem sabe.
:)

Já agora, duvido que precises de mais um ombro amigo, mas se quiseres o ombro de outra virgem que te entenda... cá estou! ;)

Beijo

antonio disse...

Para grandes males, grandes remédios, mas nem todas as coisas têm cura, as feridas no coração ficarão para sempre gravadas, vão-se atenuando mas nunca desaparecerão

camas e algemas disse...

É muito bom veres as coisas dessa maneira, com calma tudo é ultrapassado. Boa sorte!

poetaeusou . . . disse...

*
recomeçar de novo
,
é a lei da vida
,
só os vencidos,
não recomeçam,
*
conchinhas
*

Brain disse...

Som,

É mesmo isso que é preciso.
Encarar tudo,
Como a possibilidade,
De um novo recomeço.

Muito bom este texto.

Beijo.

Gaja Boa 2 disse...

Sim, o tempo é o melhor conselheiro...mas tudo vai passando!!!

um beijo

Lídia Amorim disse...

recomeçar... é sempre bom. eu keria recomeçar, não tudo, algumas coisas da minha vida.

fazia-me bem, fazia-me rejuvenescer*

mas agora a gripe n me deixa :S

eheheh

bjitux

Shelyak disse...

Que bela e tão verdadeira reflexão...
Diria que situações dessas são das que mais nos fazem doer as entranhas mas, como todos sabemos, fazem parte do crescimento e, infelizmente, vão-nos tornando cada vez mais racionais perante as investidas tumultuosas do coração...
Um beijinho sentido para ti...

Dhyana disse...

Se um dia me sentir triste, é este o texto que vou ler; se um dia me desiudir, serão nas tuas palavras que procurarei conforto.
Belo texto! Um bálsamo!
Beijos...

Blue Velvet disse...

Minha querida silenciosa,
em primeiro lugar deixa-me dizer-te que estou babada de alegria por teres ido ler todos os últimos posts e deixado comentários.
Depois, também gosto de ti.
Coisa estranha, mesmo neste mundo virtual da net, haver blogs que nos ficam no coração e outros que nada nos dizem...
Porque não desces até cá e jantas connosco?
Trazias os ovos moles e em troca dávamos-te bolo-rei, sonhos...
Sonhos, sobretudo, que bem andamos a precisar deles!
Pensa nisso.
Um abraço amigo

ContorNUS disse...

Gostei desta forma fluída que derramas este pensamento tão acertivo

Olhos de Mel disse...

Oie minha amiga! Como lhe entendo, viu? Existem momentos que necessitamos de um recolhimento, ainda que breve! O tempo é o senhor da razão e só ele pode aquietar nosso coração.
Fique com Deus! E que ele possa lhe ajudar a superar tudo.
Conte comigo, se puder ajudar...
Beijos

U Ó Mãe Que Dava Pulos disse...

"Tudo o mundo é composto de mudança
Tomando sempre novas qualidades" (ou qq coisa de parecido, dizia já,o Camões,com toda a propriedade).
Agora que é duro, lá isso é!
Um grande Beijinho

Tecnologia do Blogger.