Olhar Esgazeado


Olhar perdido
Esgazeado pelas memórias
Pela saudade vazado

Caminho isolada
Sinto no rosto os pingos da chuva
Que me deixam a face orvalhada

Tão sozinha quanto a lua
Que nua se despe
Todas as noites e flutua

Olhar que cavalga como um corcel
Que já tão cansado
Come o derradeiro fel

Num impulso de loucura
Dispo-me da saudade
Ficando completamente nua

Olhar perdido
Sem rumo algum
Suavemente orvalhado

Sem qualquer gosto
As gotas de água
Rolam pelo rosto

Queimam a face molhada
Deslizam sem aviso, cruéis
E nelas me vejo reflectida

***

Imagem retirada da Internet

This entry was posted on and is filed under ,. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response.

31 Responses to “Olhar Esgazeado”

MIMO-TE disse...

Lindo!!!!

Adorei mesmo! :)


Mimos meus

U Ó Mãe Que Dava Pulos disse...

"Dispo-me da saudade
Ficando completamente nua...."
Só assim se começa sempre!
Beijinhos

Joseph disse...

Mensagem de Natal:

Enquanto a infância acreditar em magia...
Enquanto existir o clarão das velas
E as canções forem cantadas com alegria
Enquanto o amor entrar pelas janelas!

Sempre haverá Natal...

Enquanto a fé habitar em nossos corações
E as estrelas reluzirem com luz...
Enquanto caminharmos em busca de emoções
E o brilho do Céu nos conduzir
ao Menino Jesus,

Então haverá Natal...

FELIZ NATAL/2007

Gaja Boa 2 disse...

Com ar esgroviado fico eu com tanta inspiração!!!!! Parabens

Borboleta Endiabrada disse...

Tens uma coisinha pra ti no blog!!

beijinhos endiabrados

Kapikua disse...

VESTE-TE, está muito FRIO!

ou então aceita o abraço quente que tenho p'ra te dar

AMEI O POEMA!

beijo natalício

O renascer da Fenix disse...

Olhas o vazio
Perdia em memórias
Naquele escuro frio

Caminhas Isolada
E sentes gotas de sal líquido
Nessa face rociada

Mas não estás só …

Poderás estar nua
Nessa lua
Que é só tua
Mas se olhares vais vê-las
Acredita vai por mim
Tens junto a ti tantas estrelas
Estrelas que não têm fim


Parabéns, está muito bonito o poema... Beijos

Blue Velvet disse...

Adorei.
Triste mas tão verdadeiro.
Abençoada inspiração!
Beijinhos

conhecimento disse...

Sempre muito despeda de preconceitos, sempre maravilhosa e tão orvalhado fico e desejoso de me secar junto da tua nudez.

RedLightSpecial disse...

A saudade doi, é cruel por vezes, mas dá sentido a tudo.
Espero que essa saudade passe, ou pelo menos se dilua...
Beijos para ti!

Siala ap Maeve disse...

Saudade assim...
SImplesmente perfeito :)
Parabéns
Bjos meus

poetaeusou . . . disse...

*
vazado olhar
de chuva nua
fel da loucura
em gotas perdidas
rolando cruéis
...reflectidas ...
*

AcidoCloridrix disse...

Lindoooo,,, o teu silencio é mesmo cheio de sentimentos!!! Beijo,,,, HCL

Noivo disse...

ando a falhar nas visitas mas tu não falhas nadinha nessa escrita!:) bj

luafeiticeira disse...

Desculpa, sabes que adoro os teus poemas e deste também, mas não gostei do título, nem sei o que te deu para intitulares assim o poema.
Já agora, se quiseres ler a versão masculina do Conto Erótico, mas ao Contrário...
beijos femininos

Drews disse...

De repente deu vontade de um abraço.
Uma vontade de entrelaço, de proximidade..
de amizade.sei lá..

Talvez um aconchego que enfatize a vida
e amenize as dores...
Que fale sobre os amores,
que seja teimoso e ao mesmo tempo forte.

Deu vontade de poder rever
saudade de um abraço.
Um abraço que eternize o tempo
e preencha todo espaço,
mas que faça lembrar do carinho,
que surge devagarzinho
da magia da união dos corpos,
das auras..sei lá..

Lembrar do calor das mãos
acariciando as costas a dizer..
"estou aqui."
Lembrar do trançar dos braços
envolventes e seguros afirmando
"estou com você"..
Lembrar da transfusão de forças
com a suavidade do momento
..sei lá..
abraço...abraço...abraço...
abraço...abraço..abraço...
abraço...abraço...abraço...

O que importa é a magia deste abraço!
A fusão de energia que harmoniza,
integra tudo, e que se traduz
no cosmo, no tempo e no espaço.
Só sei que agora deu vontade desse abraço!!
Que afaste toda e qualquer angústia.
Que desperte a lágrima da alegria,
e acalme o coração..
Que traduza a amizade,
o amor e a emoção.
E para um abraço assim
só pude pensar em você....
nessa sua energia,
nessa sua sensibilidade
que sabe entender o por quê...
dessa vontade desse abraço.

aqui-há-gato disse...

Muito bem...
Triste no choro, mas forte a cada lágrima. Vais voltar mais forte depois de despida... É sempre assim:)


O Gato

Blue Velvet disse...

Pelas razões expostas em todos os comentários que tenho deixado quando te visito, deixei-te um presentinho de Natal no meu Blog.
Vai lá buscá-lo.
Beijinhos e Boas Festas

FM disse...

Muito Interessante... Gosto da forma como utilizas as palavras.
Sê Feliz!

Jose disse...

Um bom natal com muitas prendinhas


Um beijo


José

Mi... disse...

Deslizo no Silêncio
Saboreando cada palavra por ti aqui sentida

Deixo um beijo
*

suruka disse...

boa consegui

hoje estou a conseguir entrar

deixo um beijo
TUDO DE BOM.

Brain disse...

E é quando nos desnudamos perante nós,
Que melhor nos identificamos,
No reflexo.

Adorei este teu texto.

Beijo.

veni_vidi_scribi disse...

O olhar pode ser esgazeado, mas o teu poema é cheio de cor... brilhante!

Espero que este Natal
Seja muito especial
Que tenhas a melhor prenda:
Ser feliz para toda a vida!

Boas Festas te desejo
E deixo-te um terno beijo

O Profeta disse...

Para ti que me visitaste
Ao longo destes poucos meses
Ofereço-te uma prenda singela
Uma estrela de mil cores

Roubei-a ao firmamento
Deposito-a na tua mão
Para que neste Natal
Te ilumine o coração

Um Santo e Mágico Natal


Doce beijo

GarçaReal disse...

Dispo-me da saudade...Mas não é fácil fazê-lo, nada mesmo.

Bom e Feliz Natal cheio de amor.

beijinho de carinho

Memory disse...

Mais um belissimo poema como já nos vens habituando. Como ''cliente'' assidua desde espaço, venho desejar um Santo e Feliz natal

Um abraço silencioso

melgadoporto disse...

Acho que a “tristeza” domina o mundo.
De tanto dela falarmos?
De tanta importância lhe darmos?
Por ser mais fácil ser triste?
E muito mais!
Nunca o saberei…
Por isso não gosto de escrita triste.
Melancólica, ainda “aceito”…
Triste - NUNCA!
:)

MARIA MERCEDES disse...

Desta vez sou eu a quebrar o silêncio! O "Second set" já começou e prometo que vai ser bem ruidoso! Prepara os ouvidos....

E obrigada pelas tuas sempre ternas palavras de incentivo!

beijinhos excitantes

Edna Federico disse...

Feliz Natal para você!
Beijos

Joseph disse...

Som do Silêncio
Olá

Fabuloso este poema.
Faz-nos sonhar...
Com chuva.
Com lua.
Nua?
oh!
Adorei.

Beijinhos*

Com tecnologia do Blogger.

Popular Posts

Contact Us

Nome

E-mail *

Mensagem *