Pensamentos Tortuosos


Deitada na cama...
Os meus pensamentos viajam...
Vagueiam...

Transportam-me...

Sinto calor...

Esta febre que me queima por dentro...
Sinto a falta do teu corpo...
Da tua silhueta...

Deitado a meu lado...
Arfante, cansado...
Adoro a maciez das tuas mãos...

Que vagueiam...
Sem pressas pelo meu corpo despido...
Acariciam ternamente os meus cabelos...
O meu rosto...
Os meus seios...
Como um hábil professor de anatomia...
Sem qualquer pudor...
Os tabus...
Os preconceitos...
Tudo fica esquecido...
És carinhoso, paciente...
Levas-me ao delírio...
Somos dois bailarinos...
Que executam na perfeição...
A subtil dança do amor...
Da volúpia...
Da paixão...

E quando atingimos o pico do prazer...
Caí-mos desfalecidos...
Cansados...
Vencidos...

This entry was posted on and is filed under ,. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response.

23 Responses to “Pensamentos Tortuosos”

farfalla disse...

...mas vivos :)

_baci_

Sniqper ® disse...

Na dança do amor, essa que é feita de vida e de partilha, travam-se lutas sem fim, onde nacem guerreiros que se aliam e partem sem cansaço para a vitória final...
A vida plena e eterna... O Amor
Beijitos amiga

LNeves disse...

Sexo... NHAMI!!!!

***MUAH***

A.ses.i.oM disse...

Ler-te... Sentir...
Em Silênco ficar nesta volúpia de prazer...
Em que estas palavras nos transportam...

Em Silêncio vou Sentir!...

Beijos... :)

Joseph disse...

Som do Silêncio
Olá

Que prazer enorme em te encontrar hoje por aqui.

Mais uma jóia erótica para juntar às que anteriormente postaste.

Se nos embrenhamos nos meandros sensuais e lânguidos das tuas palavras, escritas com paixão e amor, acabamos por nos envolver também, e acabamos voluptuosamente por misturar as coisas.

Amei o poema.
(Fica)

Beijos ternos com muito carinho;)**

Bichinho disse...

Que bom...beijo fantasma.

SaM disse...

Lindo...

=)

Bj*

conhecimento disse...

O Erotismo quando bem escrito e melhor ainda praticado é muito belo, ou não fosse o SEXO a coisinha mais maravilhosa da vida quando feito com alma, coração, uma total entrega ao PRAZER DA CARNE.
SABES QUE ANDAS FUGIDA DEMAIS!?
EU, CHEIO DE SAUDADINHAS TUAS.
Beijo no teu coração de OURO!

**** disse...

Olá!
Há quanto tempo não passava por aqui...
Perdi o meu blog por alguma razão que desconheço,e este é o novo!
beijinho*

(Solitária de "No silêncio das palavras")

Blogogamico disse...

hum..

A Leitura do corpo, a escrita dos instintos...
Sem palavras... Apenas actos...

Mauh fofo...

suruka disse...

Hoje voltei para revisitar
espaços especiais para mim.

beijos

© efeneto disse...

Sento-me nesta cadeira
No meio da sala
No meio do nada

Penso nos passos que dou contra o tempo
Os olhos que baixo por causa do vento

Vento que me toma os sonhos cálidos e os pinta de vermelho
Sangram lágrimas sem choro
Sem voz
Murmuram segredos

Desenham-se-me no rosto esses esboços do silêncio
Esses que apago e esborrato
E de novo se pintam em telas contra a minha vontade

Rasgo as folhas de papel em branco
Queimo os lápis de madeira que insinuam escravinhices

Dos meus não ditos não há-de falar
Deixem-me sentir, aqui, a dor vermelha de não saber amar
Essa condição de ignorante eterno
Para sempre um boémio nos lençóis alheios...
Frios, gélidos...
Sem sabor nem cheiro...
Ausentes na minha vontade...
Amargos

Aquecem apenas esta minha pele que arrefece

Pensar que um dia me podia aquecer no leito dessas desconhecidas sem rosto...


Que distraído sou...
Pois estava-me a esquecer de desejar
Um fim-de-semana com muita amizade dentro

666 disse...

E num grito imenso tomou posse do que nunca deixara de ser seu...

Welcome to hell!

Mustafa Şenalp disse...

Çok güzel bir site. :)

Mariana disse...

Passando pra desejar a vc e a seus leitores uma excelente semana, de muita paz e amor.

Be_Yourself disse...

Hello!

Amiga, vai séculos que não nos falamos, como sempre andas muito criativa ainda bem!

Beijão

See You

luafeiticeira disse...

Realmente, tu naõ escreves, transmites sensações.
O melhor texto de sexo que já escrevi já está postado.
beijos que te aguardam

CC disse...

Interessante.

Grande abraço.

© efeneto disse...

Eu preciso de um poema alegre
Emoldurando uma semana triste
É necessária uma cor no cinza
Desta inútil dor que persiste.

Eu preciso de música vibrante
Melodia, um canto que espante
Atingindo em cheio com cantos
Todos meus obscuros recantos

Eu preciso dum pulsar da vida
De novo alento, ares do vento
Sentir no sangue em movimento
Vontade de outra vez renascer

Eu preciso de um poema alegre
Palavras que tragam o encanto
Pois para quem já viveu tanto
Tudo o que resta é continuar.

Resta continuar a desejar um fim-de-semana cheio de amizade.

Blue Velvet disse...

Quando se cai vencido pela força do amor, somos todos vencedores.
Cheio de sensualidade e inspiração, Lindinha
Beijinhos e veludinhos

Å®t Øf £övë disse...

Palavras cheias de fervor e erotismo, misturadas com amor.

. R disse...

Palavras tão bonitas!

Bia disse...

Tão sensivel e intenso !
Lindooo

miminhos

Com tecnologia do Blogger.

Popular Posts

Contact Us

Nome

E-mail *

Mensagem *