Um Adeus


Vivi para ti,
Não sei bem porque o fiz,
Talvez por uns instantes,
Frugais momentos de prazer,
Umas noites bem passadas,
Mas nesses esporádicos momentos,
Tu fazias-me feliz,
Ainda que só por uns instantes...
Gostava de partilhar contigo,
Gostava de te sentir,
Gostava de te abraçar,
De ouvir a tua voz.

Nesse fugaz tempo,
Em que estávamos juntos,
Fazias-me sentir a mais feliz das mulheres,
Contudo, noutros, fazias-me mal,
Depreciavas o que fazia,
O que na realidade era... o que sou!
Ficava dias sem te ver, sem saber de ti,
Fazias-me mal, pois eu não conseguia perceber,
O porquê das tuas fugas, do teu desagrado.

Tudo isso para de um momento para o outro,
Apareceres como se nada tivesse passado...
Nunca deste uma única razão para a tua atitude,
Aprendi a conviver contigo, mas principalmente,
Aprendi a amar-te em silêncio, a ser paciente...
Não te incomodava com mensagens inoportunas,
Tentei manter-me afastada... mas ao teu alcance.

Mas...

Deixei-te partir aos poucos e poucos,
Pois quando tu mostravas disponibilidade,
Era por puro egoísmo, o teu ego precisava de carícias,
A minha alma foi endurecendo, ficando insensível.
E tu...
Foste-te afastando aos poucos e poucos,
Até que um dia o meu coração disse-me: perdeste-o...
Mas como se pode perder algo que nunca se possuiu,
Estou ressequida, nada ficou.
Simplesmente deixei-te ir...

This entry was posted on and is filed under ,,. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response.

2 Responses to “Um Adeus”

B.S. disse...

continuas a escrever mt bem
bjos

Alexandra disse...

NÃO,FICOU! FICAS-TE TU! FICOU O MELHOR!
acredita em mim eu sei o que estou a dizer, identifiquei-me muito com o teu post.
mas sabes hoje chego à conclusao, que merecemos melhor!

Somos demais para eles, o problema é que queriamos ser suficientes para eles... e doi, doi muito as vezes, mas tudo vai melhorar.

beijinhos doces

Com tecnologia do Blogger.

Popular Posts

Contact Us

Nome

E-mail *

Mensagem *